Fale Conosco:
Belo Horizonte(31) 3222-9948
Divinópolis(37) 3213-0005
Artigos Gestão & Planejamento

O TAMANHO DO CONGRESSO IMPORTA?

Publicado em: 26 de Junho de 2018.

Publicado por: Suporte

Tag's: tamanho, congresso, importa


Por Helton Cardoso

Algumas postagens nos últimos dias vem pregando a redução do número de congressistas no Brasil. Hoje temos 594 parlamentares, sendo 513 deputados e 81 senadores (3 por estado). A título de comparação, o congresso americano tem 535 parlamentares, sendo 435 deputados e 100 senadores (2 por estado).

Outros exemplos: o congresso chinês tem 2.987 membros, o russo tem 620, o indiano tem 545, o indonésio tem 696, o britânico tem 1.462, o alemão tem 709, o japonês tem 717 e o mexicano tem 628. Como podem ver, comparado com a maioria destes países, nem temos tantos parlamentares assim.

Nosso problema não é, portanto, o número de parlamentares. O problema é o custo e a qualidade destes parlamentares. Não preciso ficar aqui replicando tudo que todo mundo já sabe sobre estes dois quesitos. Entretanto, quero ressaltar que uma eventual redução do número de parlamentares traria dois novos problemas: o da representatividade e o da concentração de poder.

O problema da representatividade está relacionado com o tamanho da nossa população. Somos um país com 207 milhões de habitantes. Portanto, quanto maior o número de parlamentares, mais bem representada estará a população. Um congresso com poucos membros pioraria a nossa representatividade.

O problema da concentração de poder é mais complicado. Se tivermos poucos parlamentares, cada um deles terá mais poder, e portanto, valerá mais no jogo político. Isto não só seria um incentivo para corrupção, como também levaria a uma situação em que seria necessário corromper relativamente poucos parlamentares para se fazer legislação por encomenda.

Se você quer lutar por um legislativo melhor, não lute pela redução do número de parlamentares. Isto só beneficiaria os atuais donos do poder. Muito mais eficaz seria lutar para reduzir os custos e as mordomias dos nossos parlamentares.

Quanto à qualidade dos nossos congressistas, não adianta lutar. O único remédio é aprender a votar. Em outubro teremos eleições. Vamos levar nosso voto a sério. Depois não adianta reclamar.

 

Compartilhe:
Inicial Voltar
Famílias, Sociedades & Governança

Soluções

Famílias, Sociedades & Governança

Gestão de famílias e sociedades; Sucessão Empresarial; Governança corporativa; Cultura organizacional; Participação em conselhos.


Saiba mais

Veja Mais Soluções

Depoimentos

Num cenário altamente competitivo no qual estamos inseridos, planejar nossas ações, fortalecer nossa equipe e potencializar nosso espírito empreendedor são os valores substanciais que irão sustentar e projetar ainda mais o nosso negócio no mercado. Essa a lição que auferimos dos distintos profissionais da FORMATAR.”

Eduardo Daimond | Daimond Advogados Associados


Veja Mais Depoimentos