Fale Conosco:
Belo Horizonte(31) 3222-9948
Divinópolis(37) 3213-0005
Artigos Gestão & Planejamento

O QUE É PRECISO PARA SE INOVAR?

Publicado em: 7 de Agosto de 2018.

Publicado por: Suporte

Tag's: preciso, inovar


* Por Marcos Fábio Gomes Ferreira

O assunto inovação ganhou o mundo e hoje é um dos temas mais discutidos no mercado. Influenciado pelo sucesso de empresas como Uber, Air BNB, Google e as já conhecidas redes sociais, o movimento da inovação não para mundo afora.

Entretanto, a inovação pela inovação não significa nada. Uma inovação só realmente será útil se ela atender a 3 requisitos: ser desejada pelas pessoas, ser tecnicamente possível e ser economicamente viável, pois, de nada adiantará uma inovação que as pessoas não queiram comprar, que não seja possível de ser feita e/ou, que não possa possibilitar o lucro necessário para atrair empreendedores para essa ideia. Além desses 3 pontos, os outros desafios do mundo empreendedor também estão presentes nessas empresas inovadoras chamadas startups. Questões como gestão financeira, acesso a mercados, saber vender, entregar o produto ou serviço certo, no tempo certo, no preço certo e na qualidade acordada, relações societárias e, por último, mas não menos importante, a liberdade para se empreender que somente um ambiente de negócios pouco regulado pode oferecer. E neste quesito, o Brasil lidera uma triste estatística: a dos países mais regulados do mundo, onde a intervenção do estado e tal, que inibe o movimento empreendedor, expulsando pessoas com boas ideias para países como nosso vizinho Paraguai. Numa recente pesquisa junto às Startups publicada em www1.folha.uol.com.br em 29/07/2018, elas apontam as maiores dificuldades para se empreender no Brasil. Entre as dificuldades, o item apontado por 40% dos empreendedores foi o ambiente regula tório. Talvez seja por isso, que 75% das startups brasileiras são criadas para trabalhar para o mercado corporativo e, somente 25% são criadas pensando no consumidor final. Inovar pensando no consumidor final é enfrentar outras regulações. Um exemplo disso é o Código defesa do consumidor criado 1990 e pensado somente nas empresas que eram conhecidas naquela época, sem o advento da internet, das redes sociais e de tantos outros fatores que hoje já são presentes no mundo empreendedor.

É isso aí meus amigos, apesar de instituições como Sebrae incentivarem o movimento da inovação, por outro lado, o nosso ambiente de negócios ainda é um péssimo exemplo, uma terra infértil, para negócios inovadores surgirem. O ambiente regulatório do Brasil fere um princípio importante para se inovar: O famoso pensar fora da caixa. Aqui, em terras tupiniquins, precisamos empreender dentro de uma caixa gigante chamada custo Brasil e suas regulações.

 

Compartilhe:
Inicial Voltar
Famílias, Sociedades & Governança

Soluções

Famílias, Sociedades & Governança

Gestão de famílias e sociedades; Sucessão Empresarial; Governança corporativa; Cultura organizacional; Participação em conselhos.


Saiba mais

Veja Mais Soluções

Depoimentos

Num cenário altamente competitivo no qual estamos inseridos, planejar nossas ações, fortalecer nossa equipe e potencializar nosso espírito empreendedor são os valores substanciais que irão sustentar e projetar ainda mais o nosso negócio no mercado. Essa a lição que auferimos dos distintos profissionais da FORMATAR.”

Eduardo Daimond | Daimond Advogados Associados


Veja Mais Depoimentos