Fale Conosco:
Belo Horizonte(31) 3222-9948
Divinópolis(37) 3213-0005
Artigos Empreendedorismo

MAIS UMA FARMÁCIA?

Publicado em: 6 de Abril de 2018.

Publicado por: Suporte

Tag's: farmacia


Segundo uma pesquisa da QuintilesIMS, empresa de auditoria de mercado farmacêutico, de fevereiro de 2016 e janeiro de 2017, o mercado farmacêutico movimentou R$ 88 bilhões. Este número soma quase que 80% do orçamento brasileiro para a saúde. Para você ter uma ideia desse número, seria como se cada brasileiro gastasse R$ 425,00 com a compra de medicamentos por ano.

Nos últimos quatro anos, a venda de remédios no Brasil aumentou 64,5%, e a quantidade de unidades vendidas, 31%, ainda segundo a QuintilesIMS.

A organização mundial de saúde – OMS – sugere que para manter um nível adequado de acesso à saúde, deveria haver pelo menos 1 farmácia para cada 8 mil habitantes. Na verdade, ultimamente, parece que estamos caminhando para 8 mil farmácias para cada habitante.

Apesar de ser um setor aparentemente imune à crise econômica, há um movimento que precisa ser percebido: a consolidação do setor e o desaparecimento das pequenas farmácias. Segundo a ABRAFARMA - Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias - atualmente, as suas 27 empresas associadas detêm 44% do mercado nacional. Para se ter uma ideia dessa consolidação, no final da década de 90, essas redes detinham uma fatia de apenas 20%.

Se a consolidação é uma tendência, o que será então das pequenas farmácias? A lógica desse mercado segue a mesma lógica de outros mercados: a famosa regra de 3 discutida no livro “The Rule Of Three” (a regra de 3) dos autores Sheth e Sisodia (2002). No livro é discutida a tendência das grandes empresas generalistas ficarem refém do crescimento e, por isso, precisarão se consolidar comprando outras. Essas empresas juntas deterão fatias superiores a 40% de mercado. As empresas especialistas em um mercado de nicho, que podem ser várias e terão 1% do mercado de forma pulverizada. Por fim, as empresas que estão no meio do caminho, na vala comum, ficarão ardendo no fogo entre as grandes e as que estão atuando no mercado de nicho.

Portanto, se você pretende entrar nesse mercado ou se é dono de uma pequena farmácia, não se iluda, você tem duas escolhas a fazer: crescer para disputar mercado com as grandes ou encolher para atuar em mercados de nicho. Coisa parecida já ocorre com o setor supermercadista onde já é possível vermos os grandes e os pequenos, pois, os do meio do caminho já estão desaparecendo.

 

Compartilhe:
Inicial Voltar
Consultoria & Assessoria

Soluções

Consultoria & Assessoria

Diagnóstico de gestão; Gestão comercial e de mercado; Gestão da produção; Gestão financeira e fiscal; Gestão de pessoas; Gestão estratégica; Gestão de suprimentos (compras, estoques e logística); Gestão da tecnologia e informação.


Saiba mais

Veja Mais Soluções

Depoimentos

A Formatar nos ajudou, dentre inúmeras coisas, a enxergar a empresa como ela realmente é. O planejamento estratégico foi fundamental para definirmos o que queremos da empresa, além de determinarmos onde queremos chegar com ela”

Vanêssa Gontijo | Katuxa Calçados


Veja Mais Depoimentos